Mitos e Verdades Sobre o Perdão

O Perdão É Intenso

Você deve se perguntar: “Perdoar é esquecer?”, “Perdoar é reconciliação?” ou “Eu devo perdoar?”. Acima de tudo, o ato do perdão é mais intenso para nós do que para a pessoa que temos que perdoar.

Antes de mais nada, perdoar não é necessariamente conviver com uma pessoa que te feriu. Se alguém te feriu, você precisa liberar perdão . Além disso, você deve virar uma página, seguir sua vida.

Ao contrário do que pensam, você não precisa ficar convivendo com alguém que te fere e você não tem mais vontade de estar perto. Apesar disso, se você deseja continuar dessa pessoa, perdoe e continue vivendo sua vida como se nada tivesse acontecido.

O Perdão É um Estado de Ser – Verdade!

De maneira alguma o perdão deve ser uma obrigação. Em outras palavras, você opta por deixar a raiva de lado em relação a algo ou alguém por livre e vontade espontânea. O ato de perdoar nos livra de sentimentos como rancor, raiva e vingança.

Dessa forma, o estado de ser do perdão nos permite estar abertos à novos sentimentos positivos contrários a esses. Afinal, o perdão é uma grande oportunidade para se libertar dos sentimentos negativos e seguir adiante de uma nova forma.

 

Não Podemos Perdoar Assassinos e Criminosos- Mito!

“Temos que fazer justiça”. Sim, realmente temos que fazer justiça. Em primeiro lugar, ele deve pagar pelos atos e crimes cometidos. Mas, também temos que perdoar. O perdão é interior, é um estado de espírito.

Portanto, quando você tem uma situação mal resolvida com qualquer pessoa do planeta, você fica interconectado com ela. E isso pode prejudicar seu crescimento espiritual e sua felicidade.

O ato de perdoar é terapêutico. Definitivamente, você precisa sim perdoar alguém que te feriu de forma muito agressiva.

Você Deve Perdoar TUDO e se fingir de bobo- Mito!

Se você convive com alguém que toda hora está te ferindo, perdoe sim. Porém, demostre para essa pessoa que aquilo que está acontecendo não está te agradando. Dessa forma, fale para ela que ela precisa mudar pois a situação está te machucando.

Contudo, da mesma forma que essa pessoa precisa mudar, você também precisa. Perdoe! Mas, aponte onde tem que melhorar. O ato de não perdoar impede a possibilidade de viver grandes experiências e viver uma vida satisfatória.

Ao perdoar, não interferimos negativamente em nosso presente e não abalamos nossa paz interior.

 
O Perdão deve ser Exterior e Presencial – Mito!

Você não precisa necessariamente dizer “eu te perdoo e você me perdoa” para existir perdão. Em outras palavras, o perdão é interior e existem muitas maneiras de trabalhar isso. Por exemplo: Olhe para a pessoa e veja mentalmente ela sendo perdoada e te perdoando.

Do mesmo modo, visualize vocês se desconectando e seguindo em frente. Você deve olhar para essa pessoa e não sentir nenhum incômodo. Quando isso acontecer, você verdadeiramente perdoou!

Logo, não são necessárias palavras ou ações nesse sentido. Apenas uma ação mental de liberação e aceitação de perdão.

Convido você a conhecer os nossos cursos, essa é a oportunidade de mudar a sua energia. Para saber mais acesse nosso site Instituto Padme e conheça nosso curso de Cura Prânica. 

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on email
Share on print
Mitos-E-Verdades-SObre-O-Perdao.jpg

Forma de pagamento - Curso Básico

Aluno Novo - Boleto

R$ 1000,00

Pagamento via Boleto Bancário

Aluno Novo - Cartão

R$ 1070,00

Pagamento via Cartão de Crédito

Reciclagem - Boleto

R$ 500,00

Pagamento via Boleto Bancário

Reciclagem - Cartão

R$ 535,00

Pagamento via Cartão de Crédito